(31) 3146-5678 contato@ames.eng.br

Bernardino Ramazzini

Em 1700, último ano do século 17, o médico italiano Bernardino Ramazzini publicou As Doenças dos Trabalhadores, sendo considerado, por isso, o pai da Medicina do Trabalho (MT). No livro, estão relacionadas 54 profissões e os problemas de saúde comumente associados a elas, evidenciando a importância da ocupação atual e pregressa dos pacientes durante o diagnóstico. Anos mais tarde, a Revolução Industrial gerou profundas transformações no ambiente de trabalho dando novo impulso à MT. A partir daí, fica evidente que a área precisaria de aprimoramento constante, acompanhando as mudanças cada vez mais dinâmicas dos processos produtivos.